quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Momentos felizes










Continuo perplexa com as maravilhas, a alegria criada por momentos relativamente curtos. Como bolas de sabão ou pétalas que se atiram ao ar, brilham ao sol, movimentam-se, fazem-nos sorrir, mas vão acabar por parar ao chão.... e é por isso que devemos aproveitar para sorrir ou não desviar o olhar enquanto voam... Que mania temos de querer parar o tempo, de eternizar!

1 comentário:

cris disse...

Perdemos-nos a desejar que não acabe nunca, e, não aproveitamos este entretanto dum tamanho incomensurável!

Beijo, Linda.
A admiração é tão recíproca.
Por isso gosto tanto de por aqui ficar.