sábado, 6 de dezembro de 2008

As cores da alma

Num lugarejo encantado inspiram-se sentimentos,
Os segundos são o ritmo dos momentos,
Os suspiros são a música ditada pelas palavras,
Que tão nua e soberbamente compões.

3 comentários:

cris disse...

há encontros tão bonitos, Chloé!
Vês porque te gosto tanto?

Levo comigo este pedacinho.
Beijito grande,
Cris

mfc disse...

Há pessoas capazes de nos fazerem sentir assim...

Anónimo disse...

A alma tem cores que a razão desconhece. Beijo Princesa. Adoro como escreves.