segunda-feira, 21 de julho de 2008

Um amigo

Traz o calor de um entardecer a qualquer hora do dia
Traz uma flor colhida para ti quando só sentes deserto
Traz a calma de ondas serenas num mar que vês revolto
Traz a a fé, a esperança em duas ou três palavras
Traz as amarras que precisas para não te perderes
Traz um olhar de escuta quando falas em tí
Traz o sabor de saberes que não és indiferente
Traz o poder de tirar, se o deixares, a tua dor
Traz a transparência de estar presente sem incomodar
E traz-te também a consciência do quanto é precioso ser-se amigo

1 comentário:

pipoka disse...

as tuas palavras emocionam-me e, as lágrimas, em vez de serem de tristeza, são de alegria.
é bom ter uma amiga como tu.
ele há coisas fantásticas.
obrigada